O registro do seu domínio está pendente. Verifique novamente em uma hora.

Atualizações

Além de ser inspiração do BentoGolden, o Bento trabalha na Globo, olha lá em @bentogolden.


Depoimentos

6 meses atrás
Ótimo
- Vando D
8 meses atrás
- Emerson L

Das 8 às 18 c/ agendamento (domicilios)

No consultório ou na sua casa, ajudamos você a cuidar de seus cães e gatos. 
Agende o melhor horário para sua necessidade.

Sejam bem vindos.

Consulta, Orientação Geral, Acompanhamento, Pré e Pós-operatórios, Medicação, Exames, Vacinas, Tratamentos diversos e dicas de Adestramento.

Para ajudar a manter a saúde do seu pet indicamos fazer o exame de sangue para testar presença de microfilárias e outros parasitas sanguíneos - e o exame de fezes - uma ou duas vezes por ano. 
Nós coletamos e enviamos as amostras para laboratório.
E não há necessidade de consulta, a menos que haja uma consulta : )


Dica
Ao educar o seu pet evite dizer o nome dele 
quando quiser ensinar o "não fazer" alguma coisa. 
O nome é usado para aproximar, para incentivar :)

Sobre Raças
Não há raça livre de doença.                 
Algumas são consideradas um tanto mais resistentes a doenças determinadas pela genética (as mais misturadas). 
As doenças causadas por vírus, bactérias, fungos e outros agentes precisam ser sempre prevenidas e tratadas.
            E tanto a prevenção quanto o tratamento trazem despesas mensais, além da alimentação. 
Vale para cães e para os gatos.


PENSANDO EM TER UM FILHOTE?
NÃO SABE QUE RAÇA ECOLHER?   

Pense:
  • na sua disponibilidade de tempo.
  • quantos dias na semana pode dar bons passeios. 
  • em cuidados como banho e escovação dos pêlos. 
  • em despesas mensais e em despesas inesperadas.

          Há raças de pêlo longo, de pêlo curto, de pequeno, médio ou grande porte. Ou gigante.
          Entre todas estas, há as que necessitam exercícios e gasto de energia mais do que outras.
           As que costumam latir mais do que outras. 
           As que são mais dóceis e tranquilas. 
Fatores estes que em muitos casos estão mais vinculados a forma de criar e habituar os cães e gatos. E ao lugar. 
Educar, no sentido de respeitar e domesticar a natureza de cada raça, pode ser feito em qualquer idade.
            Algumas raças se tornaram problemáticas com o ‘aprimoramento’ excessivo (inbreeding) da raça, com predisposições a problemas de pele (ex.:bulldog inglês, shar pei, lhasa apso, pug, dálmata, akita); problemas de estrutura corporal (ex.:bulldog inglês, bulldog francês, shi tzu, lhasa apso, gatos persa, pastores, dog alemão, rotweiller); e vários outros tipos de predisposição, incluindo comportamento, em diversas raças.

Precisam atenção e cuidados maiores.
 
 Um site excelente sobre raças e predisposições:
  
Ciente desses fatos, comece a filtrar a sugestão de algum amigo, a admiração por uma raça ou alguma oferta de um filhote e a busca por canil, ou gatil. 

E na sequência começa um relacionamento de companheirismo e responsabilidade muito gratificante e divertido!


  Controle de animais e organizações protetoras

   Esse controle é feito por órgãos responsáveis por injúrias e doenças transmitidas por animais, as zoonoses, atuando nas populações de animais domésticos (cães e gatos, entre outros) e nas populações de animais sinantrópicos, como ratos e pombos. 
São geralmente órgãos governamentais credenciados pelos ministérios da saúde e/ou agricultura. 
   Sobre cães e gatos, os centros de controle de animais efetuam o recolhimento dos abandonados e a castração, por exemplo. Também promovem campanhas de triagem, tratamento, vermifugação, vacinação e adoção. 
   Organizações protetoras de animais são entidades de ajuda a cães e gatos abandonados.
Algumas abrigam centenas de animais retirados das ruas, oferecendo cuidados e evitando, assim, o sacrifício em centros de controle.  Essas entidades, seja como sociedades, associações, ou organizações, precisam de voluntários e de administração para se manterem ativas. Também promovem campanhas de adoção de animais e manutenção de seu bem-estar. Existe, em território urbano, uma classificação que divide a presença canina em quatro:
   As três primeiras abrangem os domésticos totalmente supervisionados, os semi-supervisionados e os de vizinhança, todos sob cuidados de humanos. Já a quarta e última, tem os ferinos que, sendo irrestritos e independentes, formam matilhas de dez a quinze indivíduos que não interagem com os humanos. 
   Quase todas compostas pelo vira-latas (Brasil), ou rafeiro (Portugal), denominações dadas aos cães e gatos sem raça definida (SRD), como são referidos em textos veterinários.
Considera-se Sem Raça Definida os mestiços descendentes da mescla natural entre diferentes raças e os descendentes destes. 

(como a gente 'queria' ser quando crescesse)

Dermatologia

Patologia Clínica - hematologia

Patologia Clínica - citologia

Toxoplasmose - zoonose

Entrar em contato

Contato

Ligar agora
  • (21) 97936-4411
  • (21) 96608-0099
  • (21) 99464-0690

Endereço

Ver rotas
Rua Min. Aliomar Baleeiro 840
Recreio dos Bandeirantes
Rio de Janeiro - RJ
22790-550
Brasil

Horário de funcionamento

seg.:10:00 – 16:00
ter.:10:00 – 16:00
qua.:10:00 – 16:00
qui.:10:00 – 16:00
sex.:10:00 – 16:00
sáb.:09:00 – 15:00
dom.:Fechado
Solicitar cotação
Mensagem enviada. Entraremos em contato com você em breve.